26 C
Salvador
segunda-feira, agosto 15, 2022
InícioBrasil Ações da Magazine Luiza desvaloriza mais de 90%, em menos de um...

 Ações da Magazine Luiza desvaloriza mais de 90%, em menos de um ano

Luiza Trajano, fundadora do Magazine Luiza (MGLU3), não faz mais parte da lista global de bilionários da revista “Forbes”. A fortuna da empresária está em queda desde 16 de julho de 2021, quando chegou ao recorde de US$ 5,6 bilhões (R$ 28,6 bilhões), segundo a Forbes. Com um recuo de aproximadamente 90% nos últimos 11 meses das ações da varejista, os papéis da Magalu, que valiam em torno de R$ 24,00 no meio de 2021, são negociados a R$ 2,54 nesta terça-feira (14)

A queda pode ser explicada pelo aumento da inflação e da taxa de juros e pela guerra entre Rússia e Ucrânia, eventos que acabaram diminuindo o poder de compra dos consumidores brasileiros, o que afetou diretamente as empresas de varejo e e-commerce.

Além disso, a entrada no Brasil de companhias asiáticas de comércio on-line, como Shopee, AliExpress e Shein, deixou o setor de varejo e e-commerce ainda mais concorrido.

Em dezembro de 2021, a fortuna da presidente do conselho do Magazine Luiza já havia encolhido para US$ 1,4 bilhão (R$ 7,1 bilhões), uma desvalorização de 75%, ou US$ 4,2 bilhões (R$ 21,5 bilhões), em seis meses. No período, a taxa Selic passou de 4,25% para 9,25% ao ano.

Em 2022, a empresária bilionária brasileira perdeu cerca de US$ 1,6 bilhão (R$ 8,1 bilhões) de janeiro a maio, período em que os papéis da Magalu apresentaram queda de cerca de 63,4%.

No primeiro trimestre de 2022, a companhia de Luiza Trajano apresentou um prejuízo de R$ 161,3 milhões, influenciada pelo aumento de despesas financeiras, apesar da alta de 13% de suas vendas totais em relação ao mesmo período de 2021 e da melhoria da rentabilidade, com a margem bruta crescendo 2,7 pontos percentuais.

Cidade Revistahttp://www.cidaderevista.com.br
Notícias e Parcerias? Chama no WhatsApp-> (71) 99900-3232
ARTIGOS RELACIONADOS
- Publicidade -

MAIS ACESSADOS

COMENTÁRIOS RECENTES