25.3 C
Salvador
sexta-feira, maio 27, 2022
InícioBrasilAnitta bloqueia Bolsonaro no Twitter após ser ironizada: ‘Vai catar o que...

Anitta bloqueia Bolsonaro no Twitter após ser ironizada: ‘Vai catar o que fazer’

Após Jair Bolsonaro (PL) compartilhar uma publicação de Anitta e ironizar a cantora, a estrela do pop avisou que bloqueou o perfil do presidente da República no Twitter. “Meti logo um block pra esses adms [administradores] dele não ficarem usando minhas redes sociais pra ganhar buzz [barulho] na internet”, declarou a dona do hit “Envolver”, que também respondeu o chefe do Executivo. “Ai garoto, vai catar o que fazer, vai”.

O entrevero começou quando Anitta fez um comentário nas redes sociais visto como uma indireta aos apoiadores de Bolsonaro. “A bandeira do Brasil e as cores da bandeira do Brasil pertencem aos brasileiros. Representam o Brasil em geral. Ninguém pode se apropriar do significado das cores da bandeira do nosso país. Fim”, escreveu a artista no Twitter. Bolsonaro compartilhou o post da cantora e declarou: “Concordo com a Anitta”, postando várias bandeiras do Brasil na sequência. No Instagram, o presidente também falou do assunto e fez uma provocação ao PT, partido de Lula: “Nossa bandeira jamais será vermelha”.

Em uma série de postagens, Anitta também disse que não irá mais citar o nome de Bolsonaro em seus shows. “Nesse momento, qualquer manifestação contra ele por meio dos artistas vai ser revertida em forma de deboche pelas mídias sociais dele. Assim, o artista vira o chato mimizento e ele o cara bacana que leva tudo numa boa”, comentou a cantora. “Já usei essa estratégia algumas vezes, por isso sei bem o que tá rolando. Comecei a perceber quando eles começaram a usar as músicas dos artistas que odeiam ele no fundo dos seus stories sobre o governo. Agora, a estratégia do lado oposto precisa ser citar o nome dele o menos possível”, acrescentou.

Com informações da Jovem Pan

Cidade Revistahttp://www.cidaderevista.com.br
Notícias e Parcerias? Chama no WhatsApp-> (71) 99900-3232
ARTIGOS RELACIONADOS
- Publicidade -

MAIS ACESSADOS

COMENTÁRIOS RECENTES