26.5 C
Salvador
segunda-feira, novembro 29, 2021
Blessed Modas
InícioBrasilBahiaApós Governo anunciar obras da Fico, Heckel Pedreira defende integração do sistema...

Após Governo anunciar obras da Fico, Heckel Pedreira defende integração do sistema de transporte no país e investimento em ferrovias

Após o Governo Federal anunciar o lançamento da obra de construção da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (Fico), que terá o investimento de R$ 2,7 bilhões, previsão de gerar 4,6 mil empregos e 383 quilômetros (km) de extensão, ligando Mara Rosa a Água Boa, em Mato Grosso, o empresário Heckel Pedreira elogiou o presidente Jair Bolsonaro pela medida e afirmou que, em um país continental como o Brasil, o transporte ferroviário deveria ser enfatizado.

“Desde Juscelino Kubistchek, a logística no Brasil é sobre rodas. Isso é um absurdo. Se usou a questão do transporte rodoviário para desenvolver indústrias automobilísticas. Mas em um país continental como o Brasil, você não ter trilhos, não ter transporte ferroviário é um crime. Além disso, também se relegou a último plano a navegação de cabotagem. O mundo inteiro funciona transportando cargas no mar. É o transporte mais barato que existe. Depois você vem para o ferroviário, que é intermediário entre o de cabotagem e o rodoviário, é mais rápido do que o marítimo, do que o rodoviário, só que não tínhamos trilhos no Brasil. Detalhe: os trilhos eram direito apenas do governo. Então, a América foi toda colonizada sob trilhos, você roda a Europa todo sob trilhos, sejam cargas ou passageiros”, disse o empresário.

Heckel ainda criticou a falta de integração das obras de mobilidade. Para ele, se fosse decidido pela integração de sistemas, os custos das obras e de manutenção dos equipamentos seriam menores do que são hoje com a diferenciação de tantos modais.

“Agora que nós começamos a ter o transporte rodoviário de carga sob trilhos, precisamos ter o transporte ferroviário de passageiros. Temos até os metrôs, agora imagine se nós pudéssemos ter também o transporte de passageiros sob trilho? Outra loucura em nosso país: você faz modais que estão sob trilhos, mas que não se comunicam, as bitolas são diferentes e isso não permite a integração dos sistemas. Nós estamos muito atrasados. O negócio de logística no Brasil é utilizado por políticos corruptos para negociar contratos. Se você tem dois ou três modais, isso requer equipamentos diferentes, oficinas diferentes, peças de reposição diferentes e essas questões só aumentam os custos para a população. Político não pensa em custo. É por isso que o nosso país não se desenvolve”, completou.

A nova ferrovia será importante para o agronegócio do Centro-Oeste, que praticamente não conta com modal ferroviário na logística de escoamento da produção. Em Mara Rosa (GO), a Fico se conectará à Ferrovia Norte-Sul, considerada a espinha dorsal do sistema ferroviário nacional, e que ligará o Porto de Itaqui, no Maranhão, ao Porto de Santos, numa extensão de mais de 4,5 mil km.

Para o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, o modelo de investimento cruzado foi determinante para a viabilização do empreendimento. E segundo ele, vai ajudar a impulsionar ainda mais a construção de mais ferrovias no país.

“Esse modelo é criativo. É sinônimo de qualidade, é certeza de sucesso, a ferrovia é do Estado. A gente vai fazer o leilão da operação, e aí vamos auferir uma nova outorga, e vamos investir esse dinheiro em mais ferrovias”, disse o ministro.

Associação FelizCidade
ARTIGOS RELACIONADOS
- Publicidade -
Blessed Modas

MAIS ACESSADOS

COMENTÁRIOS RECENTES