25 C
Salvador
segunda-feira, agosto 15, 2022
InícioBrasilBahiaCapitão Alden desafia oposicionistas do Governo Bolsonaro a largar politicagem sobre chuvas...

Capitão Alden desafia oposicionistas do Governo Bolsonaro a largar politicagem sobre chuvas na Bahia

Acompanhando os desdobramentos do socorro às famílias que foram atingidas pelas fortes chuvas que acometeram a Bahia nos últimos dias, o deputado estadual Capitão Alden parabenizou os esforços que o Governo Federal, através do presidente Jair Bolsonaro, tem feito para que todas as pessoas que sofrem com os efeitos da catástrofe sejam atendidas da melhor forma possível.

Alden criticou a forma que o governador Rui Costa e figuras políticas de esquerda têm tratado a situação, politizando ações que deveriam ter foco empregado na ajuda ao próximo. O parlamentar, que esteve nas cidades mais atingidas pelas chuvas, lembrou que os ministros João Roma (Cidadania), Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional), Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos) e Marcelo Queiroga (Saúde) estão trabalhando in loco nos municípios.

“O Governo Federal segue firme adotando todas as medidas cabíveis para atender às demandas geradas com os estragos ocasionados pelas fortes chuvas na Bahia. Até o presente momento, a gestão petista segue politizando a situação e induzindo a opinião pública contra o Presidente da República, Jair Bolsonaro, pois na ausência de fatos reais para depreciar o Chefe do Executivo Nacional, Rui Costa e companhia criam narrativas para fazer politicagem”, disse o deputado.

Sobre a ajuda humanitária de 10 homens que a Argentina ofereceu ao governo brasileiro, Capitão Alden acrescentou o que o presidente Bolsonaro disse em publicação no Twitter e ressaltou que, no momento, o Governo Federal está com a situação controlada.

“Sobre a situação envolvendo a Argentina, o presidente deixou claro que, se necessário for, aceitará a ajuda do país vizinho, mas até a presente data não há necessidade desse auxílio, pois o que o Governo Argentino ofereceu, o Governo Federal Brasileiro já está desenvolvendo desde o início das mobilizações”, acrescentou, agradecendo ao Japão pelo envio de barracas de acampamento, colchonetes, cobertores, lonas plásticas, galões plásticos e purificadores de água.

Capitão Alden desafiou a esquerda a não perder tempo com discursos políticos envolvendo a tragédia na Bahia, mas sim a trabalhar para que os baianos se recuperem o mais rápido possível dos prejuízos que tiveram com as fortes chuvas.

“O tempo que a esquerda perde em depreciar Bolsonaro, de maneira prática deveria utilizar de fato para ajudar o povo e não ficar promovendo palanque político. Fica parecendo que Rui Costa queria que os recursos federais, que são direcionados diretamente aos municípios, passassem por ele. O ano de 2022 está chegando e o povo não é bobo”.

Ao final, comentando a declaração do governador de que aceitará qualquer ajuda internacional diretamente, sem precisar pela diplomacia brasileira, Alden afirmou que esta atitude só mostra que Rui Costa não respeita a ninguém e que “tratora” a todos pela sua vontade.

“Foi assim na Alba, quando ele decretou o passaporte de vacinação de vacinação sem ouvir a Casa, e está sendo assim. Ao invés de valorizar a ajuda do Governo Federal, dos ministros que estão morando literalmente no estado, do presidente que tem feito todos os esforços para diminuir os impactos da tragédia, o governador prefere ir para as redes sociais procurar politicagem. Ele não quer a ajuda do Governo Federal e quer ajuda internacional? Mais uma vez incoerente, baixo e inconsequente”, pontuou.

Cidade Revistahttp://www.cidaderevista.com.br
Notícias e Parcerias? Chama no WhatsApp-> (71) 99900-3232
ARTIGOS RELACIONADOS
- Publicidade -

MAIS ACESSADOS

COMENTÁRIOS RECENTES