26 C
Salvador
terça-feira, novembro 30, 2021
Blessed Modas
InícioPolíticaCarla Zambelli fala em abuso de autoridade por ter sido indiciada na...

Carla Zambelli fala em abuso de autoridade por ter sido indiciada na CPI sem ser ouvida

Após a leitura do relatório da CPI da Covid-19, na última quarta-feira, 20, pelo senador Renan Calheiros (MDB-AL), diversos nomes citados no documento e que tiveram o pedido de indiciamento solicitado pelo relator reagiram.

A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) esteve dentre os 60 nomes. Em entrevista ao Jornal da Manhã desta quinta-feira, 21, ela falou sobre o critério de ampla defesa que, segundo ela, não lhe teriam oferecido, e em abuso de poder de Calheiros por pedir o indiciamento dela sem que fosse ouvida na comissão parlamentar do Senado Federal.

“Eles me indiciaram (sic) com base em tweets, em rede social, e não me ouviram em nenhum momento”, criticou Zambelli.

A deputada afirmou que entrou com um pedido no Supremo Tribunal Federal ainda no começo desta semana, antes da leitura do relatório, solicitando ser ouvida e que aguarda um posicionamento da CPI da Covid-19.

“A gente já entrou no Supremo, que já fez uma primeira ação. Como várias pessoas que não foram ouvidas na CPI estão indiciadas (sic), existe o princípio da ampla defesa, que nos garante que a gente possa estar lá e ser ouvidos. Deveria ser um convite ou uma convocação para a pessoa que quisesse se defender estar lá. A gente fez essa ação, acho que na terça-feira ou na segunda à noite, no mesmo dia o [ministro] Lewandowski já direcionou essa pergunta à CPI, para que eles se posicionem sobre o fato da gente ser ou não ouvido. Estamos aguardando a CPI se posicionar. A gente mandou antes da leitura do relatório, então eles tinham condição de perceber que a gente quer ser ouvido e poder fazer isso antes do relatório”, afirmou Zambelli

Ela ainda criticou o fato de Renan Calheiros divulgar o relatório antes dele ser votado. “Uma questão que a gente trouxe a tona também foi o ponto de que o relatório foi vazado por várias pessoas e várias vezes. O próprio Renan Calheiros deu entrevista a um jornal de rede nacional falando sobre o relatório. Em várias imprensas gerais a gente via que ele estava comentando o relatório antes dele ser divulgado para os senadores e, principalmente, antes de ser votado. Ele é relator, mas isso não significa que o relatório dele vai ser votado pela unanimidade da Casa, pode ter destaque, pode ter uma série de coisas que esse relatório pode não ser o final. Então, ele abusou da autoridade dele e vazou o relatório antes do tempo devido”, acusou a deputada.

Com informações da Jovem Pan

Associação FelizCidade
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
Blessed Modas

MAIS ACESSADOS

COMENTÁRIOS RECENTES