25 C
Salvador
domingo, maio 29, 2022
InícioBrasilBahiaCidade do Saber tem transformado a vida da população de Camaçari

Cidade do Saber tem transformado a vida da população de Camaçari

Transformação para a vida de mãe e filha. É o que representa a Cidade do Saber para Arlete e Amanda Meira, moradoras do bairro do Camaçari de Dentro. Em 2020, aos 6 anos, Amanda iniciou na instituição no curso de ballet. Atualmente, aos 8, a garota também participa das aulas de natação.

“Depois que ela começou, resolvi também praticar atividades e agora faço hidroginástica e violão”, conta Arlete, ao acrescentar que se sente grata pelo acolhimento da Cidade do Saber. “É uma iniciativa maravilhosa! De graça, de qualidade, sou muito feliz aqui. Somos uma verdadeira família”, afirmou a vigilante.

A pequena Amanda também compartilha do sentimento de alegria da mãe. “Aqui é um lugar para todo mundo, que acolhe pessoas. Muita gente que passou pela Cidade do Saber se tornou um grande nadador, uma grande bailarina. É um local que tem realizado sonhos”, disse.

Quem também enxerga a instituição como possibilidade de realização é a estudante Hevelly Jenifer Alves, que em janeiro começou a frequentar a aula de ritmos. “Há muito tempo tinha vontade de fazer aula de dança, e assim que abriu o período de matrículas, corri para me inscrever. Desde o primeiro momento, a equipe da Cidade do Saber me tratou super bem, de forma atenciosa e compreensiva. Quando começou as aulas, me apaixonei, me identifiquei muito com o professor e estou adorando tudo”, pontuou a moradora do Nova Vitória.

Gerido pela Secretaria da Cultura (Secult), a Cidade do Saber beneficia atualmente cerca de 1.700 alunos, com a oferta de 36 cursos culturais e também esportivos, promovidos através da Secretaria do Esporte, Lazer e Juventude (Sejuv). O complexo também tem contribuído para que os munícipes tenham a oportunidade de, perto de casa, se graduar na Universidade Federal da Bahia (UFBA). Desde setembro de 2018, a instituição abriga, de forma temporária, o campus de Camaçari.

Aluno do Bacharelado Interdisciplinar em Ciência, Tecnologia e Inovação, Juan Guillermo Lima é morador de Jauá e conta que o fato de, sem sair do município, poder estudar em uma instituição de ensino superior federal, é muito valioso. “Ter uma UFBA aqui é supervantajoso para todo o pessoal de Camaçari e também cidades próximas. Muito bacana a forma que a Cidade do Saber está nos acolhendo”, afirmou.

A titular da Secult, Márcia Tude, destacou que a instituição tem o papel de assegurar o direito de acesso à cultura e ao esporte, garantidos na Constituição Federal, impactando também no aspecto social. “É um local de democratização. Mesmo durante o período pandêmico, continuamos de forma on-line e contemplamos mais de 1.900 alunos. Para além dos cursos, prestamos outros serviços, totalizando, aproximadamente, 4 mil atendimentos por mês, em média”, pontuou a gestora, referindo-se às iniciativas como a Brinquedoteca, a Biblioteca e o Memorial Jorge Amado.

Cidade Revistahttp://www.cidaderevista.com.br
Notícias e Parcerias? Chama no WhatsApp-> (71) 99900-3232
ARTIGOS RELACIONADOS
- Publicidade -

MAIS ACESSADOS

COMENTÁRIOS RECENTES