segunda-feira, janeiro 17, 2022
InícioBrasilEx-deputado baiano preso na Lava Jato quer voltar ao poder em 2022

Ex-deputado baiano preso na Lava Jato quer voltar ao poder em 2022

Preso em decorrência das investigações da Operação Lava Jato, em 2015, o ex-deputado federal Luiz Argôlo está buscando voltar à Câmara dos Deputados em 2023. Para isto, Argôlo se filou ao MDB, que na Bahia é liderado por Lúcio Vieira Lima.

O ex-deputado federal foi um dos primeiros políticos presos em decorrência das investigações da Operação Lava-Jato, em 2015.  Argôlo respondeu pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, mas foi solto em 2019, quatro anos após a sua prisão, e teve que pagar aos cofres públicos uma multa de R$ 2 milhões.

Segundo o ex-juiz Sergio Moro que decretou a prisão do ex-deputado na época, ficou comprovado que Argôlo recebeu R$ 1.474.442,00 do esquema de empreiteiras fornecedoras da Petrobras à Diretoria de Abastecimento da estatal, sendo que pelo menos R$ 250 mil envolveu apenas um recebimento de propina.

De acordo com o site Políticos do Sul da Bahia, seu nome aparece como um dos favoritos dentro do partido. A família de Luiz Argôlo tem tradição política na região de Entre Rios.

ARTIGOS RELACIONADOS
- Publicidade -

MAIS ACESSADOS

COMENTÁRIOS RECENTES