segunda-feira, janeiro 17, 2022
InícioBrasilGoverno Federal e entidades empresariais articulam ações às famílias que perderam tudo...

Governo Federal e entidades empresariais articulam ações às famílias que perderam tudo com as chuvas

As ações do Governo Federal para minimizar os impactos causados pelas chuvas no Estado da Bahia continuam. Nesta segunda-feira (3), a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos em exercício, Tatiana Alvarenga, se reuniu com a direção da Federação do Comércio do Estado da Bahia (Fecomércio-BA) para debater a ampliação de ações de apoio à população atingida pelas enchentes.

“Estamos abrindo várias frentes para total apoio aos atingidos e impactados com as enchentes no Estado da Bahia. Foco no resgate da dignidade, cidadania, reconstrução, inclusão produtiva, apoio ao empreendedorismo, desenvolvimento regional econômico para combater violações de direitos. Reconhecemos as ações exitosas já em curso pelo Sistema S”, disse Tatiana.

O presidente da Fecomércio-BA, Carlos de Souza Andrade, destacou que a entidade está atenta às demandas dos comerciantes e das pessoas que perderam tudo nas enchentes. “É fundamental a mobilização de todos neste momento. Estamos trabalhando com os nossos sindicatos regionais e com o Governos Federal para levar apoio a quem perdeu quase tudo”, disse.

Representantes da Federação das Indústrias do Estado da Bahia e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) também participaram do encontro.

Atuação
Desde o início das enchentes na Bahia, em dezembro de 2021, uma força-tarefa do Governo Federal, composta por diversos ministérios, realiza ações de apoio e proteção às mais de 660 mil pessoas, de 165 municípios atingidos pelas chuvas, como a visitação a Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPIs) e reequipagem de Conselhos Tutelares.

Outra iniciativa do MMFDH, por meio da Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos (ONDH), foi a disponibilização de um canal exclusivo no Disque 100 – Disque Direitos Humanos para registrar pedidos de socorro.

ARTIGOS RELACIONADOS
- Publicidade -

MAIS ACESSADOS

COMENTÁRIOS RECENTES