24.5 C
Salvador
sábado, maio 28, 2022
InícioBrasilBahiaHeckel Pedreira questiona se PT trocou candidatura ao Governo do Estado por...

Heckel Pedreira questiona se PT trocou candidatura ao Governo do Estado por apoio presidencial

O empresário e pré-candidato a deputado federal, Heckel Pedreira (PTB), criticou o Partido dos Trabalhadores (PT) sobre a formação da chapa majoritária que vai concorrer ao Palácio de Ondina nas eleições deste ano.

Para Heckel, o PT usou da estratégia de “entregar” o Governo do Estado a ACM Neto em uma tentativa de acordo de apoio para a eleição federal.

“O PT é um partido de acordos, onde, para ele, vale tudo pelo poder. Acredito, sim, que eles tenham feito um acordo com ACM Neto em troca de apoio ao candidato ex-presidiário que foi protagonista dos maiores escândalos que este país já viu na história. Vale tudo pelo poder, até esquecer os seus princípios, se é que eles têm algum”, disse o empresário e presidente do PTB Camaçari.

A liderança bolsonarista ainda relatou que as pesquisas internas estão deixando os esquerdistas com medo.

“Colocaram um candidato que ninguém conhece no lugar de dois nomes que já são conhecidos na Bahia. Eles não dizem que a eleição está ganha? Qual o motivo de estarem correndo então? Eles não vão prosperar, e quem se aliar a eles também pagará este preço. O povo baiano e brasileiro não é besta”, acrescentou.

O pré-candidato a deputado federal, após saber da debandada de parlamentares da base do governador, disse que “ninguém quer estar em um barco onde todos sabem que a tendência é afundar”.

“Diversos caciques do PP e de outros partidos, que há anos faziam parte do governo, estão abandonando o barco, pois sabem que se trata de um projeto derrotado. As pessoas que o PT está colocando para gerir a campanha de um desconhecido, como é Jerônimo, são pessoas que não têm credibilidade alguma com os baianos, que respondem processo, que já foram até mesmo inelegíveis. Que moral eles têm?”, afirmou.

Heckel acredita que o PT está enfraquecido e que, se tiver segundo turno na Bahia, esse será entre ACM Neto e João Roma.

“A popularidade do presidente Jair Bolsonaro segue crescendo na Bahia, e isto será reconhecido pelos baianos que vão apostar em João Roma como forma de alinhamento com o Governo Federal. Acredito, sim, em um segundo turno e que Roma estará nele”, pontuou.

Cidade Revistahttp://www.cidaderevista.com.br
Notícias e Parcerias? Chama no WhatsApp-> (71) 99900-3232
ARTIGOS RELACIONADOS
- Publicidade -

MAIS ACESSADOS

COMENTÁRIOS RECENTES