25 C
Salvador
domingo, maio 29, 2022
InícioBrasilNovo jingle de Ciro Gomes critica polarização entre Lula e Bolsonaro e...

Novo jingle de Ciro Gomes critica polarização entre Lula e Bolsonaro e busca voto do eleitor indeciso

A campanha de Ciro Gomes (PDT) lançou um novo jingle nesta segunda-feira, 18, em que critica a polarização política entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o presidente Jair Bolsonaro (PL), que lideram a corrida pelo Palácio do Planalto e coloca o cearense como alternativa para a Presidência da República. A peça, chamada de “O pagode do Cirão”, foi desenvolvida pelo marqueteiro João Santana com base em pesquisas qualitativas e tem o slogan “Tá na hora de você olhar para o Ciro”. O clipe foi lançado na esteira da saída do ex-juiz Sergio Moro (União Brasil) da disputa e da indefinição de uma candidatura da chamada terceira via. “Está cansado dos mesmos de sempre, de seguir no mesmo giro? Tá na hora de você olhar pro Ciro. Saber que um rouba mas faz, e o outro, esse rouba sem fazer. Isso você não vai querer. No pé… dar um tremendo tiro”, diz a letra do jingle.

A peça divulgada hoje indica que a estratégia da campanha agora é buscar o voto do eleitor que ainda está indeciso sobre quem apoiar. “Não preciso falar mal, nem forçar sua decisão, mas sei que a dúvida aumenta quando chega a eleição”, diz outro trecho da música, com imagens de Ciro visitando favelas. Com a saída de Moro da disputa pelo Planalto, o pedetista chegou ao terceiro lugar nas pesquisas eleitorais. No último levantamento do Datafolha, divulgado em 24 de março, o ex-juiz da Lava Jato vinha logo atrás de Lula e Bolsonaro, com cerca de 8% das intenções de voto. Ciro aparecia em seguida, com 6%. Em um cenário sem Moro na pesquisa mais recente do XP/Ipespe, de 11 de abril, o cearense subiu apenas dois pontos percentuais, mas se consolidou no lugar do ex-juiz.

O panorama, no entanto, ainda está indefinido e pode mudar nos próximos meses. O União Brasil, MDB, PSDB e Cidadania negociam o lançamento de uma candidatura única de terceira via. Apesar da crise interna que atinge o PSDB, João Doria, que venceu as prévias contra o ex-governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite, indica que não deve desistir de sua postulação. Outro nome colocado é o da senadora Simone Tebet (MDB), que enfrenta resistências de uma ala da sigla. A parlamentar disse nesta segunda-feira, em sabatina do jornal Folha de S. Paulo e do portal UOL, que não será candidata a vice e abrirá mão de concorrer nas eleições caso não seja escolhida como cabeça de chapa. Há, ainda, Luciano Bivar, presidente nacional do União Brasil, escolhido como pré-candidato da sigla que nasceu da fusão entre DEM e PSL, mas que não foi incluído nas pesquisas.

Com informações da Jovem Pan

Cidade Revistahttp://www.cidaderevista.com.br
Notícias e Parcerias? Chama no WhatsApp-> (71) 99900-3232
ARTIGOS RELACIONADOS
- Publicidade -

MAIS ACESSADOS

COMENTÁRIOS RECENTES