28 C
Salvador
quarta-feira, dezembro 1, 2021
Anuncie aqui!
InícioBrasilBahia"O que está errado precisa ser apurado", diz Adolfo Viana sobre caso...

“O que está errado precisa ser apurado”, diz Adolfo Viana sobre caso dos respiradores

O deputado federal Adolfo Viana (PSDB), em encontro de lideranças do partido tucano com o ex-prefeito de Manaus e candidato às prévias do PSDB, Arthur Virgílio Neto, neste domingo (13), em Salvador, foi entrevistado por este Cidade Revista e comentou sobre assuntos como a PEC dos Precatórios e a CPI do Rio Grande do Norte que investiga ações do Consórcio Nordeste na pandemia do Coronavírus, principalmente o caso da compra dos respiradores que nunca chegaram à Bahia.

Perguntado sobre a análise da PEC dos Precatórios por parte do Senado Federal, Adolfo afirmou que a decisão da Casa legislativa é soberana. O deputado votou pela aprovação da proposta, que vai viabilizar o programa Auxílio Brasil, nos dois turnos.

“Na Câmara, passou no primeiro e no segundo turno. Agora a bola está no pé do Senado. É quem vai tomar esta decisão (de aprovação ou rejeição). Naturalmente, como sempre fizemos, a gente respeita a decisão que vier do Senado. Enquanto esteve na Câmara, nós votamos, e a maioria decidiu”, disse.

Adolfo, que também é presidente do PSDB na Bahia, comentou sobre os desdobramentos da CPI dos respiradores, que acontece na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. Deputados da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) devem viajar até o estado potiguar para acompanhar de perto os desdobramentos da comissão.

“A CPI que acontece no Rio Grande do Norte está tomando uma repercussão nacional. Tem um problema grave que precisa ser apurado. Os deputados do PSDB da Bahia estão tratando esse assunto com muita responsabilidade. Naturalmente esse processo de fiscalização tem que acontecer. Eu sou muito tranquilo e fiz parte da Assembleia Legislativa por oito anos. Acho difícil que se emplaque uma CPI aqui na Bahia, uma vez que, majoritariamente, a maioria dos deputados é da base do governo, mas isso não impede que eles façam fiscalização junto ao Rio Grande do Norte, junto ao Ministério Público, que eles busquem outra alternativa de fiscalizar. É importante fiscalizar. O que está sem clareza, precisa ficar claro como a luz do Sol. Os deputados estaduais baianos que se mobilizam, mesmo fora do estado, cumprem com o seu papel, com a sua função, que é fiscalizar o Poder Executivo. Naturalmente, a Bahia teve uma participação no Consórcio de forma diferenciada. Então, claro, não podemos apontar o dedo sem provas, mas as coisas precisam ficar claras e aquilo que tiver de errado precisa ser apurado”, completou.

Anuncie aqui no Cidade Revista
ARTIGOS RELACIONADOS
- Publicidade -
Blessed Modas

MAIS ACESSADOS

COMENTÁRIOS RECENTES