25.3 C
Salvador
sexta-feira, maio 27, 2022
InícioBrasilBahiaPesquisas internas embaralham e colocam Neto, Jerônimo e Roma com possibilidades de...

Pesquisas internas embaralham e colocam Neto, Jerônimo e Roma com possibilidades de segundo turno

Dizem por aí que a política na Bahia é uma história contada a parte do cenário nacional, e ela tem se desenhado justamente desta forma. Com inúmeras reviravoltas, as eleições estaduais parecem longe de estarem definidas. De acordo com fontes ligadas a este Cidade Revista, internamente, o jogo está sendo “embaralhado” e com possibilidades para os três maiores nomes deste pleito, que são ACM Neto (UB), Jerônimo Rodrigues (PT) e João Roma (PL).

O ex-prefeito de Salvador e franco favorito, pelo menos no ano passado, para sentar na cadeira de governador no Palácio de Ondina, segue na frente das pesquisas, mas vê a diferença para o segundo colocado diminuir, bem como o seu potencial de votos, que dizem por aí que já chegou ao teto.

Pesa contra ACM Neto também a insatisfação de alguns quadros de prefeituras do PP, que reclamam da falta de compromisso nas promessas ditas pelo neto do finado senador ACM. Muitos, inclusive, já estão sendo vistos em palanques petistas, o que tem deixado o secretário-geral do União Brasil um pouco decepcionado com o retorno da parceria entre o seu partido e os progressistas.

Por falar no PT, tudo indica que Jerônimo, finalmente, tem deixado os seus aliados animados. O petista é o que mais vem crescendo nas pesquisas, principalmente quando tem seu nome ligado ao do ex-presidente Lula. Fontes deste CR dizem que ele pode alcançar em breve a marca de 30%.

Já João Roma, que nos últimos dias sofreu com críticas de lideranças e formadores de opinião de Direita, continua apostando no crescimento da popularidade do presidente Jair Bolsonaro na Bahia. Contra o deputado federal e ex-ministro existe a incerteza e as especulações. Sem definir a posição de vice em sua chapa, Roma vive com a sombra de “conversinhas” que ainda o colocam com possibilidades de apoiar o seu ex-aliado ACM Neto, o que para fontes deste Cidade Revista parece improvável.

O fato de também não ter lançado oficialmente a sua pré-campanha, diferente dos seus principais adversários, também incomoda. O PTB, que é um dos partidos mais conservadores do estado, também ensaia apoio ao deputado, mesmo já anunciando que o seu presidente, o advogado Gean Prates pode, sim, lançar candidatura. Certo mesmo é que o ex-ministro segue aparecendo, visitando municípios, conversando com prefeitos e batendo em seus adversários na imprensa. Acredita-se que João possa alcançar a casa de 15 a 20% em breve também.

Se estes quadros se confirmarem, a tendência é que a Bahia tenha segundo turno, e com possibilidades para os três principais nomes. Esta novela, que surpreende até mesmo os melhores roteiristas do Brasil, parece que terá diversas reviravoltas e, quem sabe, com final adiado de 2 para o 30 de outubro.

Cidade Revistahttp://www.cidaderevista.com.br
Notícias e Parcerias? Chama no WhatsApp-> (71) 99900-3232
ARTIGOS RELACIONADOS
- Publicidade -

MAIS ACESSADOS

COMENTÁRIOS RECENTES