26.5 C
Salvador
segunda-feira, novembro 29, 2021
Blessed Modas
InícioBrasil'Por mim, não teria Carnaval', diz Bolsonaro

‘Por mim, não teria Carnaval’, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta quinta-feira (25) que, se dependesse apenas da vontade dele, não haveria Carnaval no Brasil em 2022.

Em entrevista à Rádio Sociedade da Bahia, Bolsonaro disse ainda que não tem poder de decisão sobre o tema, citando a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que definiu como concorrentes as competências de União, estados e municípios sobre a pandemia do novo coronavírus.

O presidente também usou o tema para criticar governadores e prefeitos em relação à festividade em fevereiro de 2020, no começo da pandemia.

“Por mim não teria Carnaval, mas tem um detalhe, quem decide não sou eu. Segundo o STF, quem decide são governadores e prefeitos. Não quero aprofundar nessa que poderia ser uma nova polêmica”, disse Bolsonaro.

Ele ainda fez uma associação entre a comemoração do Carnaval em 2020 com o avanço da pandemia no Brasil, citando que governadores e prefeitos foram favoráveis à festa.

“Em fevereiro do ano passado ainda estava engatinhando a questão da pandemia, pouco se sabia, praticamente não tinha óbito no Brasil, e eu declarei emergência. Os governadores e prefeitos ignoraram, fizeram Carnaval no Brasil. As consequências vieram. Chegamos aí a 600 mil óbitos. E alguns tentaram imputar a mim essa responsabilidade”, disse.

“Não tenho culpa disso. Não estou me esquivando nem culpando outras pessoas. É uma realidade, é uma verdade. Todo o trabalho de combate à pandemia coube aos prefeitos e governadores. Para mim, o que coube: mandar recursos para estados e municípios. No total, gastamos no ano passado R$ 700 bilhões”, completou.

Com informações da Folhapress

Associação FelizCidade
ARTIGOS RELACIONADOS
- Publicidade -
Blessed Modas

MAIS ACESSADOS

COMENTÁRIOS RECENTES