25 C
Salvador
segunda-feira, agosto 8, 2022
InícioBrasilBahiaProdução Mineral Baiana Comercializada de junho deste ano é quase 90% maior...

Produção Mineral Baiana Comercializada de junho deste ano é quase 90% maior que o mesmo período do ano passado

A Produção Mineral Baiana Comercializada (PMBC) em junho deste ano teve um crescimento de 89,29% em relação ao mesmo período do ano passado. Enquanto o PMBC de junho deste ano chegou a R$ 1,2 bilhão, no mesmo período do ano passado em junho do ano passado, o valor foi de R$ 635 milhões. O município de Itagibá, onde a mineradora Atlantic Nickel produz e exporta níquel sulfetado, foi o destaque da PMBC este mês com 39% de participação, seguido por Jacobina (13%) e Jaguari (12%).

Já a Arrecadação da Compensação Financeira pela Exploração Mineral (CFEM) baiana foi de R$ 21,7 milhões, 11,2% maior que a do mês de maio. O Estado ficou com a fatia de R$ 3,2 milhões e couberam aos municípios R$ 13 milhões. Devido a maior participação no PMBC, Itagibá foi a cidade que mais arrecadou ficando com R$ 5,57 milhões. As informações constam no Sumário Mineral divulgado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE).

De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), atualmente a Bahia tem em estoque 14,3 mil empregos formais na extração de minerais metálicos, não metálicos e atividades de apoio, exceto petróleo e gás. No informe consta que os três principais bens minerais produzidos são: níquel (38,59%), cobre (17,87%) e ouro (17,48). Já os principais bens minerais exportados, neste mesmo mês, foram ouro, seguido por níquel e cobre.

Cidade Revistahttp://www.cidaderevista.com.br
Notícias e Parcerias? Chama no WhatsApp-> (71) 99900-3232
ARTIGOS RELACIONADOS
- Publicidade -

MAIS ACESSADOS

COMENTÁRIOS RECENTES