26 C
Salvador
terça-feira, novembro 30, 2021
Blessed Modas
InícioDestaquesPSDB suspende votação de prévias após problemas no app e não define...

PSDB suspende votação de prévias após problemas no app e não define nova data

O PSDB decidiu neste domingo (21) suspender as prévias presidenciais entre os governadores João Doria (SP) e Eduardo Leite (RS) por causa dos problemas apresentados pelo aplicativo de votação destinado aos filiados.

O partido não determinou quando a votação será retomada -há impasse entre os concorrentes sobre a definição de uma nova data. Até lá, a sigla afirma que manterá os votos deste domingo lacrados.

“O processo de votação em aplicativo encontra-se pausado em razão de questões de infraestrutura técnica, que não comportou a demanda dos votantes das prévias. Os votos registrados neste domingo estão preservados e o PSDB está definindo, junto com os candidatos, em que momento o processo será retomado”, afirma o partido em nota.

“O PSDB definirá nova data para reabertura do processo de votação para que todos os filiados que não puderam votar neste domingo possam, com tranquilidade e segurança, registrar o seu voto e concluir a escolha do nosso candidato às eleições presidenciais de 2022”, diz ainda a legenda.

O partido afirma ainda que “todos os votos registrados desde a abertura da votação neste domingo estão válidos e serão computados”.

“Os votos recebidos tanto pelo aplicativo quanto por meio das urnas eletrônicas ao longo deste domingo serão totalizados ao final do processo de votação. A integridade e a segurança do sistema estão totalmente preservadas”, conclui a nota.

Para tentar uma solução diante da instabilidade do app ao longo de todo o dia, os candidatos, incluindo Arthur Virgílio (AM), discutiram, em reunião com a direção do PSDB, adiar ou prorrogar as prévias. A reunião foi proposta pela campanha gaúcha, mas terminou sem entendimento.

A avaliação geral é de que as dificuldades no aplicativo prejudicaram a imagem do PSDB -as prévias, antes uma iniciativa inovadora, se tornaram um vexame colocado na conta da direção nacional, que bancou a ferramenta.

O aplicativo custou mais de R$ 2 milhões ao PSDB, mas os gastos das prévias são maiores, chegando a R$ 9 milhões -incluem a realização de evento em Brasília, neste domingo, e a verba para cada campanha, que foi de mais de R$ 1 milhão. Há ainda as passagens e hospedagens para que prefeitos de todo o Brasil fossem à capital federal.

Com informações da Folhapress

Associação FelizCidade
ARTIGOS RELACIONADOS
- Publicidade -
Blessed Modas

MAIS ACESSADOS

COMENTÁRIOS RECENTES