23.6 C
Salvador
quarta-feira, agosto 17, 2022
InícioBrasilEm nota, sindicatos voltados ao trabalhador defendem a demissão de não-vacinados

Em nota, sindicatos voltados ao trabalhador defendem a demissão de não-vacinados

Após o Governo Federal publicar portaria que impede a demissão por não vacinação contra a Covid-19, nove centrais sindicais trabalhistas divulgaram uma nota contra a determinação federal e afirmaram que a medida gera “um ambiente de insegurança”, mesmo sabendo que a defesa da justa causa acometeria o desemprego de inúmeros brasileiros que optaram não tomar o imunizante.

No documento, os sindicalistas defendem a compulsoriedade do imunizante anticoronavírus. “Ao contrário de uma ação autoritária, a obrigatoriedade da vacinação se baseia na responsabilidade de cada um com o coletivo, sendo, desta forma, uma ação democrática.”

Na segunda-feira, o governo editou portaria que determina que a exigência de comprovante de imunização para a contratação ou manutenção do emprego será classificada como prática discriminatória. Com isso, as empresas não poderão demitir por justa causa funcionários que não apresentarem a carteira de vacinação.

O Brasil, hoje, é o terceiro país que mais vacina no mundo. O Governo Federal segue investindo na chegada de vacina e novos estudos de medicamentos para o combate ao Coronavírus.

Assinam a nota a CUT, a Força Sindical, a CTB, a UGT, a CSB, NCST, a CSP-Conlutas, a Central da Classe Trabalhadora e a Pública Central do Servidor.

Cidade Revistahttp://www.cidaderevista.com.br
Notícias e Parcerias? Chama no WhatsApp-> (71) 99900-3232
ARTIGOS RELACIONADOS
- Publicidade -

MAIS ACESSADOS

COMENTÁRIOS RECENTES