25.3 C
Salvador
sexta-feira, maio 27, 2022
InícioBrasilTemporada de cruzeiros 2021/2022 movimenta mais de R$ 1 bilhão e gera...

Temporada de cruzeiros 2021/2022 movimenta mais de R$ 1 bilhão e gera 14 mil empregos

Faltando duas semanas para o fim da temporada de Cruzeiros 2021/2022 no Brasil, o balanço do período indica números positivos: as atividades devem movimentar mais de R$1 bilhão e gerar cerca de 14 mil empregos no país. Esta temporada contou com cinco navios percorrendo 56 roteiros e realizando 183 paradas, além da oferta de cerca de 194 mil leitos. Os dados foram divulgados na sexta-feira (08/04) pela Associação Brasileira de Navios de Cruzeiros (Clia Brasil).

Nessa temporada os navios foram recebidos por 12 destinos: Ilhabela e Santos, em São Paulo; Rio de Janeiro, Angra dos Reis, Búzios, e Ilha Grande, no Rio de Janeiro; Balneário Camboriú, Itajaí e Portobelo, em Santa Catarina; Maceió, em Alagoas; Ilhéus e Salvador, na Bahia.

Segundo a Clia, os turistas não precisarão esperar muito para realizar o sonho de embarcar em um navio. A temporada 2022/2023 está prevista para começar – outubro deste ano – e deve se estender até abril do ano que vem. A expectativa é de que oito embarcações naveguem por 14 destinos do país, realizando 160 roteiros. É esperado um recorde de impacto econômico do segmento de R$3,3 bilhões na economia – o triplo do atingido nesta temporada – e a geração de 44 mil empregos.

O presidente da Clia Brasil, Marco Ferraz, comemorou os números positivos da temporada de 2021/2022 e reforçou que o setor de cruzeiros está sempre atento à segurança dos passageiros e tripulantes. “Os números mostram a resiliência e capacidade de retomada do setor de turismo, assim como o alto nível dos protocolos criados com as autoridades nacionais, que garantem a segurança e a saúde dos nossos hóspedes”, comenta.

PROTOCOLOS

Entre os protocolos aplicados pelo setor de cruzeiros, destacam-se a ocupação máxima de 75% dos navios, testes diários de mais de 10% da tripulação e dos passageiros, obrigação de testes pré-embarque, vacinação completa obrigatória para hóspedes e tripulantes (elegíveis dentro do Plano Nacional de Imunização), uso de máscaras, ar fresco sem recirculação, desinfecção e higienização constantes, plano de contingência com corpo médico especialmente treinado e estrutura com modernos recursos para atendimento dos hóspedes e tripulantes, entre outros.

SUPORTE

Em março, o Governo Federal, por meio do Ministério do Turismo, lançou um pacote de ações para reforçar o turismo náutico. As medidas incluem a isenção de tributos sobre a importação de barcos à vela; o reconhecimento da profissão de condutor de turismo náutico e a oferta de um curso de capacitação a estes profissionais, em parceria com a Marinha do Brasil, além de estudos destinados à construção de rampas, píeres e marinas públicas, entre outras. (Leia mais AQUI)

Com informações do Ministério do Turismo

Cidade Revistahttp://www.cidaderevista.com.br
Notícias e Parcerias? Chama no WhatsApp-> (71) 99900-3232
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

MAIS ACESSADOS

COMENTÁRIOS RECENTES